quinta-feira, 31 de maio de 2007

Contar a Europa

A Europa é um tema chato, complicado, incompreensível ? Talvez, mas não é obrigatório que assim seja. A convicção – esperança ? – de que é possível tornar interessante, ou no mínimo inteligível, a forma como se constrói a Europa no dia a dia, está na origem da criação deste blog. O pretexto é, obviamente, a próxima presidência da União Europeia que Portugal assume exactamente dentro de um mês, a 1 de Julho. Mas a ideia é mais vasta e visa a continuação deste espaço depois de terminado o semestre «português» na Europa. Apesar de ser um blog convidado do Público, o conteúdo é da minha inteira responsabilidade: este blog pretende ser uma extensão do meu trabalho de correspondente do Público em Bruxelas, embora num formato mais ligeiro e explorando possibilidades que nem sempre encaixam nas regras de um jornal. Aqui, as histórias serão certamente contadas do meu ponto de vista, que não é neutro: confesso-me uma admiradora entusiasta desta extraordinária aventura que é a construção europeia. O que não me impede de ter um olhar crítico sobre os seus altos e baixos, as suas realizações e fracassos, os seus avanços milimétricos, os seus progressos muitas vezes exasperantemente lentos. Mas sempre em absoluto respeito pelas regras do jornalismo, como a protecção das fontes ou do «off the record», por exemplo. Aos leitores que tenho a veleidade de pensar que poderão ler e interessar-se pelo que aqui for escrito, só peço respeito pelas regras normais da boa educação. De resto, críticas, sugestões, desafios, venham eles !

8 comentários:

MAC disse...

Acho uma excelente ideia e espero que venha rapidamente a transformar-se num importante espaço de discussão sobre a Europa. E eu cá estarei, entre muitos outros, espero eu, atento e responsavelmente crítico...

gama disse...

eu também acho que é uma ideia excelente mas os temas possíveis são tão vastos que receio que a discussão parta em todos os sentidos ao mesmo tempo. Espero que a IAC nos ponha nas boas pistas a cada momento. boa sorte.
gama

Anónimo disse...

Um "imigrante" patriota e Europeu como eu, nao poderia deixar de escrever umas linhas de apoio e de concordancia com esta excelente ideia. Espero que seja bem sucedida...

G Jose

Anónimo disse...

E para quem, como eu, recentemente "abandonou" Bruxelas, vai ser muito interessante ler e não perder a ligação às tropelias eurocráticas. Peço regularidade e estóicas críticas ao desenrolar nervoso da crise. E claro, um olhar menos formal, de bastidores, aos passos ou tropeções da Presidência Portuguesa.
Parabéns
João Washington

Miguel disse...

mas reparem, existem nacionalistas Europeus:
http://neweurope.atspace.com/

Anónimo disse...

Fazia falta espaço para 1 debate para além da verdade oficial. A União Europeia é o melhor que aconteceu neste continente em muito tempo. Mas por ser tão grande e tão boa, corre frequentemente riscos de se tornar distante, imperceptível e, por isso, de ser "raptada" para fins menos generosos. O discurso oficial tende a "mascarar" as tentativas de "rapto da Europa" - que na blogosfera podem ser contadas, para o bem de todos.
R.Schuman

Rita disse...

repetindo os que antes comentaram: acho uma óptima ideia.
Pertencemos à Europa e cabe-nos também ter um papel activo. Cada vez mais emigrante, aproveitando as facilidades da Europa a 27, seguirei atenta ao debate neste blog...

bernardo disse...

Excelente iniciativa!!
Primeiras sugestoes:
Um post sobre a falta de comunicaçao do nosso governo sobre o programa, prioridades etc. para os procimos 6 meses (o site é bonito mas funciona mal)

Promover encontros fisicos para discutir tudo isto em portugues (em Portugal e em Bruxelas)

Bom trabalho!