quinta-feira, 29 de abril de 2010

Enquanto a casa arde...

... a Comissão Europeia dá uma notícia estrondosa: a proibição de transportar líquidos a bordo dos aviões vai acabar ... em 2013.

É a notícia de que todos os europeus estavam certamente à espera, e que permitirá que os mercados financeiros, que estão apostados em rebentar com as finanças da Grécia (e Portugal, Espanha, Irlanda...) possam finalmente serenar...

57 comentários:

O Raio disse...

É tipico da Comissão Europeia...

No dia seguinte ao "Não" da França à Constituição Europeia parece que a única coisa que saíu da Comissão foi uma directiva sobre o bem estar dos frangos para consumo humano...

Mas não culpemos nem o Durão nem os restantes comissários por isso. É o sistema instituído que nos conduz a isto.

E, já agora, que faz o Pequeno Líder, o Van Rompuy? Parece que está lá para os japões... deve estar a especializar-se em haikus...

a.küttner disse...

Culpemos o Durão Barroso!! porque não?Por ser português!! Temos cá muito, muito bom, mas não só....

a.küttner disse...

Nada se faz sem Pessoas, e parece-me que já foi AQUI abaixo abordado este tema, quanto à nossa maior ou menor produtividade.

Logo para cada lugar a Pessoa mais capaz!!

Facil!

O Raio disse...

"Culpemos o Durão Barroso!! porque não?Por ser português!! "


???? Longe de mim defender um oportunista como o Durão Barroso.

Mas tal como não o devemos defender só por ser português também não o devemos usar para mostrar o nosso espírito internacionalista e culpa-lo só por ser português.

O facto é que o Durão Barroso está a fazer o papel que lhe compete à frente da Comissão e não me parece que faça parte dessse papel trair quem o colocou no lugar em que está.

A realidade é que a Comissão não passa de uma máquina de produzir legislação com o objectivo de amarrar os Estados Membros numa teia da qual possam dificilmente sair.

De nenhuma forma lhe compete meter-se nas atribuições do BCE.

Para as coisas funcionarem são necessário instituições com responsabilidades bem defenidas e evitar-se um tudo ao molhe e fé em Deus.

Para tal já nos basta o pequeno líder (Von Rompuy) que ainda não percebeu qual o seu papel e quer meter o nariz em todo o
lado.

a.Küttner disse...

Sr. Raio o senhor que tanto é contra tudo o que possa ser a U.E deu-lhe para estar sempre às voltas com o pequeno lider, não acha que é pouco???

A.Küttner

A.Küttner disse...

Continuando a acreditar que a unica nossa hipotese de sobrevivencia é com uma União Europeia Unida, penso que o que nos falta é quem seja capaz de ser bom leader, nunca Salvador.

Estava a ler que em notoriedade Lula está a passar Obama!!!!

Se um dos dois viesse a Bruxelas passar um mês e limpar a casa, talvez fosse vantajoso....

O Raio disse...

"deu-lhe para estar sempre às voltas com o pequeno lider"

Deu sim senhor. E deu por várias razões:

a) É caricato;
b) É um puto ambicioso;
c) Ajuda a afundar isto tudo.

É que a Isabel sugeriu-me uma vez que me candidatasse ao PE para destruir o sistema por dentro. Tal não é necessário, o nosso Pequeno Líder faz isso muito melhor do que eu seria capaz de fazer.

"a unica nossa hipotese de sobrevivencia é com uma União Europeia Unida"

Se essa for a nossa única hipótese de sobrevivência estamos bem tramados...

Felizmente há muitas hipóteses de sobrevivência e essas hipóteses passam por tomarmos o nosso destino nas nossas mãos e largarmos a muleta de Bruxelas.

Anime-se meu caro, não tema o futuro. O futuro é radioso se estiver nas nossas mãos.

"o que nos falta é quem seja capaz de ser bom leader, nunca Salvador."

Bom, o que faz falta é animar a malta e deixarmo-nos de estar à espera que a ajuda nos chegue, de Beuxelas, Berlim ou Frankfurt pois ela não chegará.

"Se um dos dois viesse a Bruxelas passar um mês e limpar a casa, talvez fosse vantajoso...."

Que horror, que mal é que eles fizeram para os castigarmos assim?

Mas, acho que poderiamos atribuir a nacionalidade portuguesa ao Lula para que ele, que lá pelo Brasil já não se pode recandidatar, viesse cá e se candidatasse contra Cavaco Silva!

A,Küttner disse...

Para PR ainda temos bons candidatos cá dentro.

O Lula, para a Europa!

Quanto a UE = é a única saída!

E ou nos safamos da Crise com a UE ou acabamos de vez.

Mas tudo precisa de mudar, até mentalidades como as do Sr, Raio, do Sr. Louçã, do Sr. P.P , e aparecer um diferente Sócrates- este já deu...um PPC, também não dá é mais do mesmo.

Mas , hoje, agora, com o que temos cá e na UE, andar e fazer muito melhor, e quando tudo melhor ficar, remodelar, tudo mas com um espirito de União da Europa.

Tudo o resto é suicidio. A não ser que o Sr. Raio, consiga acabar com a Globalização..aí...estou consigo...

O Raio disse...

"Quanto a UE = é a única saída!"

O meu caro amigo já repetiu isto montões de vezes. Parece-me inútil continuar a repeti-lo, tipo disco de grafonola riscado.

Seria útil era que desse uma qualquer explicação porque é que a UE é a única saída. Infelizmente parece ser incapaz de a dar, a não ser com frases vazias de sentido tipo "não podemos estar sós"...

"E ou nos safamos da Crise com a UE ou acabamos de vez."

Difícil pois a UE é que é a causadora da crise!!!

"Mas tudo precisa de mudar, até mentalidades como as do Sr, Raio, do Sr. Louçã, do Sr. P.P , e aparecer um diferente Sócrates- este já deu...um PPC, também não dá é mais do mesmo."

O Senhor Paulo Portas (creio que é o PP) é um europeu dos quatro costados! Desde que descobriu que a única forma de chegar a Ministro era ser pró-europeu que passou a ser um euro-entusiasta genuino, tão ou mesmo mais do que o meu caro amigo.

Não entendo é essa do PPC.

Quanto a mudar de mentalidades, concordo. Temos de deixar para trás as mentalidades coberdes, incapazes de olharem o futuro sem acorrerem a meterem-se debaixo das saias da mãezinha. Ou, no nosso caso, de Bruxelas...

"Tudo o resto é suicidio. A não ser que o Sr. Raio, consiga acabar com a Globalização..aí...estou consigo..."


????!!! Como é possível dizer tanto disparate?

Eu não quero acabar com a globalização, eu gosto da globalização!

Mais, uma das coisas que me enojam na UE é o seu proteccionismo e o afastar-nos da globalização remetendo-nos para um cantinho da Europa.

Um dos factores que a prazo condenam a UE é exactamente ela estar contra o sentido actual da História, o de estar contra a globalização. Isto embora, à míngua de argumentos, se tente convencer alguns espíritos fracos de que a UE é a globalização ou, pelo menos, uma das componentes da globalização.

Embora seja um pormenor, tente encontrar uma lista telefónica de Lisboa, de 1976 ou 77 e procure quais as embaixadas que existiam em Lisboa e depois pegue numa actual e compare.

E o curioso é que se excluirmos a Europa, vemos uma grande queda no número de embaixadas. Até países grandes, como por exemplo a Austrália, desapareceram!





é

A.Küttner disse...

De facto, conseguir entendê-lo é complicado.

Se não temos alternativa à Globalização, mesmo que não se goste, temos que estar com ela, como o poderemos fazer sem um espaço Europeu Unico e Unido?

Se me disser que o esquema - actual - não está a bem funcionar, claro que não!

(mas não está a funcionar!!!quase nada - nem a união dos EUA ,- olhe os republicanos, os democratas, já nem sabem qual é o seu - deles - espaço)

Se me disser que temos que conseguir melhores cabeças, para fazer o esquema funcionar, não tenho dúvidas./Quanto a embaixadas em 1976/77 e hoje, é como dizer que os meios de comunicação escrita nesse tempo eram o telex, depois foi o fax e hoje é o mail.

E ainda bem que tantas pessoas e entidades já nem vêm nas listas telefonicas, é que de facto já não se usam....como muitas outras coisas....

O Raio disse...

"De facto, conseguir entendê-lo é complicado."

Principalmente quando não se quer entender...

"Se não temos alternativa à Globalização, ..., temos que estar com ela, como o poderemos fazer sem um espaço Europeu Unico e Unido?"

Fácil, como Singapura, por exemplo. Ou como a Suiça, ou como a Noruega, ou com cento e muitos países que não fazem parte da UE.

O problema é outro, como é que podemos fazer face à globalização com os instrumentos de defesa e negociação em mãos estrangeiras?

"(mas não está a funcionar!!!quase nada - nem a união dos EUA ,- olhe os republicanos, os democratas, já nem sabem qual é o seu - deles - espaço)"


???? Meu caro, that´s life. Uma união total, com todos a dizer e fazer o mesmo não é nem possível nem desejável. Uniões deste tipo só nos cemitérios...

"Se me disser que temos que conseguir melhores cabeças, para fazer o esquema funcionar, não tenho dúvidas."

Eu tenho. O problema não é nem pode ser de cabeças. O problema é de estruturas e projectos.


"Quanto a embaixadas em 1976/77 e hoje, é como dizer que os meios de comunicação escrita nesse tempo eram o telex, depois foi o fax e hoje é o mail."

Meu caro, vê-se que nunca trabalhou no Ministério dos Negócios Estrangeiros! Por outras palavras, não faz a menor ideia de como é que o sistema funciona!
O principal meio de comunicação entre diplomatas ainda continua a ser o telegrama... além de que o contacto pessoal continua a ser muito importante.

"E ainda bem que tantas pessoas e entidades já nem vêm nas listas telefonicas, é que de facto já não se usam....como muitas outras coisas...."

Bom, a isso chama-se desconversar. Já que se recusa a consultar listas telefónicas talvez possa ir ao Ministério dos Negócios estrangeiros e fazer simplesmente a pergunta.

Um abraço,

a.küttner disse...

Começando pelo fim, estamos em 2010, nunca soube nem sei como funciona o MNE mas se for com em 1976!!!bem...

Quanto à Noruega e Portugal....compara alhos com bugalhos!!
Bem....não é comparavel....

Quanto a haver cabeças que saibam bem melhor pensar, não vejo que seja um problema, penso ser uma necessidade!!

abraço

O Raio disse...

"Começando pelo fim, estamos em 2010, nunca soube nem sei como funciona o MNE mas se for com em 1976!!!bem..."

Se não sabe nem soube, não se pronuncie...

Mas o que eu referia era uma coisa totalmente diferente, era a nossa penetração no Mundo. Claro que o meu caro que sofre de miopia geográfica, tudo para além da Europa lhe parece difuso, tem alguma dificuldade em perceber este problema...

"Quanto à Noruega e Portugal....compara alhos com bugalhos!!
Bem....não é comparavel...."

Mas talvez seja mais comparável do que com a Alemanha ou a Aústria, ou a República Checa...

"Quanto a haver cabeças que saibam bem melhor pensar, não vejo que seja um problema, penso ser uma necessidade!!"

Se houvesse cabeças que sabiam pensar melhor nunca estariamos nesta alhada da UE/Euro...

a.Küttner disse...

Cabeças que saibam pensar - hoje e agora!
As atrás já aqui nos pronunciámos sempre em desacordo, mas houve bons: Miterrand, Olaf Palm, W.Brandt, até Mário Sores, atrás!E fizeram bem o seu trabalho.

Se hoje houver alguns assim , ainda se dá um jeito...se for tudo do mesmo nem com UE, nem com Euro, nem escudo, nem peseta, nem libra , nem schillig austriaco = Zero.

Vamos ao fundo....e esta de ver Portugal projectado no Mundo sem a Europa, nem em sonhos.....

O Raio disse...

"As atrás já aqui nos pronunciámos sempre em desacordo, mas houve bons: Miterrand, Olaf Palm, W.Brandt, até Mário Sores, atrás!E fizeram bem o seu trabalho."

Olhando para o estado em que a Europa está, só com muito boa vontade é que se pode conceder que estas luminárias fizeram bom trabalho...

É que, mais importante do que o que se diz é o produto que se obtem e o que se obteve é uma miséria... logo o trabalho foi mal feito, muito mal feito!

"Vamos ao fundo...."

Why? Meu caro, esta é outra das afirmações que carecem de justificação, como outras em que o meu caro é pródigo.
Depois, o que significa ir ao fundo? É uma frase vaga e seria útil que a explicitasse.

"e esta de ver Portugal projectado no Mundo sem a Europa, nem em sonhos....."

Idem, idem, aspas, aspas,...

Para já o que se recusa a encarar é que o peso de Portugal no Mundo esvaiu-se com a UE. Portugal pesa hoje menos do que no tempo de Salazar! É obra!

A importância de Portugal vê-se agora, não passa de um instrumento útil na mão de especuladores para atacar o Euro.

Estamos reduzidos a ser a porta das traseiras da poderosa Alemanha

Note-se que não tenho nada contra os especuladores, os especuladores são importantes pois são eles que dão liquidez aos mercados. Tenho é contra a cambada de luminárias que nos reduziram a porta das traseiras de outrem!

a.küttner disse...

Que Portugal tenha menos peso - hoje - que no tempo do Salazar!!!!! Acho que não!
Naquele tempo fomos falados por estar a não querer largar as colónias, por sermos atrasados, por estarmos isolados.
Não era lá muuto bom....hoje, também não é,mas sempre estamos mais "soltos".
Futuro - todos os que andam por todo lado a fazer que fazem nestes ultimos 5 anos, podiam sair - todos em toda a parte - de cena, já! E aparecer gente Nova, com humildade, com modestia, com senso....a fazer coisas positivamete difrentes!!!

O Raio disse...

"Que Portugal tenha menos peso - hoje - que no tempo do Salazar!!!!! Acho que não!"

Certo, acha. Opinião puramente subjectiva.

"Naquele tempo fomos falados por estar a não querer largar as colónias, por sermos atrasados, por estarmos isolados."

Ter peso não é só ser falado. É ter capacidade de decisão e de influência na cena internacional. E desde que se aderiu à CEE/CE/UE que se tem vindo a perder peso. Excepto no tempo de Guterres que recuperamos algum.
Quanto a estar isolado já estou farto de ouvir isto. Portugal só agora é que está isolado. Dantes podia, quanto muito, era estar mal acompanhado...

"Não era lá muuto bom....hoje, também não é,mas sempre estamos mais "soltos"."

Soltos? Estamos é remetidos a um cantinho da Europa, sem peso nem instrumentos para fazer o que quer que seja.

"Futuro - todos os que andam por todo lado a fazer que fazem nestes ultimos 5 anos, podiam sair - todos em toda a parte - de cena, já!"

Nestes últimos cinco anos??? Porquê cinco anos? Vejamos os últimos 23 anos...
Primeiro tivemos uma dezena de anos entregues às trevas cavaquistas. Foi terrível. O início do período da adesão à CEE era crucial, era um curto período em que as vantagens ultrapassavam as desvantagens e era um período em que era necessário jogar duro para garantir o futuro. Infelizmente foram os anos negros do cavaquismo em que se desperdiçou tudo e o máximo que se conseguiu foi a humilhante frase do Delors de que eramos um bom aluno.
Depois com o Guterres recuperamos um pouco mas, talvez por isso, o Guterres foi sujeito a uma guerra de desgaste e acabou por sair sendo substituído por um Durão Barroso que nos usou como moeda de troca para garantir o tachão que actualmente tem um Bruxelas.
A seguir as coisas melhoraram um pouco com o Santana mas, a luminária que na altura tinhamos em Belém rapidamente acabou com ele.
Vem então o Cavaco NT (NT de Nova Tecnologia, também conhecido por Inginheiro Sócrates) que apesar de ser um pouco melhor do que o Durão e, que eu saiba, ainda não nos ter vendido, enfeudou-se totalmente a Bruxelas.
Concordo, que apesar das criticas que eu faço à UE, os governos que tivemos não ajudaram ou ajudaram pouco.


"E aparecer gente Nova, com humildade, com modestia, com senso....a fazer coisas positivamete difrentes!!!"

Bah! A gente nova é tão boa ou tão má como a velha, por aí não vamos a nenhum lado.

Mais uma vez, o problema não é de gente, é de instituições.

a.küttner disse...

Consigo: estar de acordo em dois aspectos Durão orientou a sua - dele - ida para Bruxelas, e vê-se o que nem lá, fazer sabe.
Gutteres, tentou ser bom, e tentou não se governar! E hoje nas funçoes que exerce é Muito Bom,

Quanto a Santana, foi o pior dos PMs que tivemos.....pior, será dificil. Por muito que estejamos todos! a gastar o nosso dinheiro no Parlamento a moer e moer a TVI /Socrates!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Quanto ao Sampaio foi dos bons PR s que tivemos e teve a coragem de deixar ser durante 6 meses o PM pior..... sem ser eleito.....para não dizerem que não lhe dava uma chance, e o homem , pior, pior, pior - sempre a quere estar em pé!!!!! que os actuais, cultivou o seu bem estar começando por comprar um VW Phantom, carissimo, que bnada serve a não ser para "dar gás""""""só por que se achava no direito de o fazer, não esquecendo ter desfeito um Mercedes quando à noite ainda secretário de estado da cultura ia divertir-se. E nunca na vida chegou ao fim de nada!!!!!

Quanto a entrada para a CEE foi negociada por Mário Soares!!!!!

O Raio disse...

"Quanto a Santana, foi o pior dos PMs que tivemos.....pior, será dificil."

Nunca fui apoiante do Santana nem nunca votei nele. Mas, como Primeiro Ministro esteve muito longe de ser o pior. Comparado com um incapaz como o Cavaco, por exemplo, foi mesmo optimo.
O problema dele foi não alinhar nos golpes que o PSD é useiro e vezeiro e, foi o próprio PSD que o tramou e se viu livre dele.

"Quanto ao Sampaio foi dos bons PR s que tivemos "

??? Esta nem vale a pena comentar... o Sampaio foi tão bom Presidente da República como foi Presidente da Câmara de Lisboa onde brilhou pela inacção.

Ainda por cima é um autocrata sem o mínimo espírito democratico. É do estilo de que todos podemos ter as opiniões que quisermos desde que concordemos com ele. É um político europeu no sentido mais depreciativo que o termo pode ter...

Quanto à coragem de deixar lá o Santana, francamente,... o Santana esteve lá o tempo necessário para se correr com o Ferro Rodrigues, nada mais.

E o Santana foi eleito! Sim, as eleições, em Portugal não elegem governos, elegem deputados representativos dos partidos que é em quem se vota. Estes é que elegem o governo. Foi o que aconteceu.

Acho mesmo piada que os mesmos que estavam contra o referendo ao Tratado de Lisboa pois diziam que tinhamos uma democracia representativa e os deputados tinham todo o direito de ratificar o Tratado de Lisboa, venham colocar em causa essa tal democracia representativa por ter eleito o Santana para formar governo.

"Quanto a entrada para a CEE foi negociada por Mário Soares!!!!!"

???? O Mário era o Primeiro Ministro mas, se a memória não me falha, o Ministro que tinha a pasta da Europa e logo as negociações era o Álvaro Barreto do PSD.

Na prática a adesão à CEE foi obra dos dois partidos, PS e PSD.

a.Küttner disse...

Que confusão que vai nessa cabeça!!!!! E mais umas vez alhos e bugalhos se misturam.....

Claro que elegemos Partidos e nunca Pessoas, mas sempre foi o chefe do Partido - ganhador - que ficou PM, e trocar para outro ainda pior- que sempre começou tudo e nada acabou, e que sempre se achou o melhor de todos!!! - por que o outro se foi embora, não é usual.....


No Governo do Dr. Mário Soares, na altura a influencia do proprio e o trabalho do Hernani Lopes tivewram muita influencia e sem duvida Antonio Barreto.

Salgalhada com o Tratado de Lisboa, que baralhada nessa cabeça!!!!!

O Raio disse...

"Que confusão que vai nessa cabeça!!!!! E mais umas vez alhos e bugalhos se misturam....."


???? Eu pelo menos explico a razão das minhas opiniões e não me limito a repetir mantras tipo "não há outra solução" e esperar calmamente que as coisas se resolvam.

"Claro que elegemos Partidos e nunca Pessoas"

Certo! E ponto final, elegemos partidos e os partidos escolhem as pessoas.

"mas sempre foi o chefe do Partido - ganhador - que ficou PM"

E, depois do Durão se ir embora o chefe do partido ganhador era o Santana.

"e trocar para outro ainda pior"

Opinião pessoal, de um tal senhor Küttner que, evidentemente, não se sobrepõe ao segundo partido português.

"que sempre começou tudo e nada acabou"

Frase tipica da campanha anti-santanista.

"e que sempre se achou o melhor de todos!!!"

Pelos vistos o Senhor Küttner sabe o que se passa na cabeça do Santana Lopes...

Aproveito para um comentário ao gosto que o Senhor Küttner tem pela tanatocracia e pela aflição de achar que já não há pessoas e políticos capazes, etc.

Voltei há bocado da Feira do livro de Lisboa onde comprei um livrinho interessante intitulado "A matemática... estás aí", de Adrián Paenza que, logo no início tem uma frase que o autor viu há anos no parachoques de um automóvel nos Estados Unidos, frase essa que creio adaptar-se perfeitamente aquela faceta do Senhor Küttner:

Os grandes homens falam acerca de ideias, os homens médios falam acerca de coisas e os homens pequenos falam acerca de outros homens.

a.Küttner disse...

Caro Sr. Raio, onde se encaixa nesta sua brilhante citação?

A.Küttner

O Raio disse...

Creio estarmos nos dois extremos...

a.Küttner disse...

Sou dos pequenos o Sr. Raio é dos grandes?????Altura????

O Raio disse...

"Altura????"

0,179x10^23 yoctômetros...

Mas, francamente, meu caro, a sua apetência por desconversar e por fugir ao que interessa é espantoso.

Numa altura em que estamos a entrar no caos, numa altura em que os aprendizes de feiticeiro que nos meteram na alhada do Euro chegaram ao fim da linha, numa altura em que é evidente que, ou mudamos de politica e saimos do Euro ou nos condenamos a nós e aos filhos e netos à pobreza e/ou emigração, é que se recusa a falar do que interessa e se refugia em piadas baratas! Francamente, devia ter vergonha!

a.Küttner disse...

Sr. Raio, o senhor pode dizer tudo o que lhe apetece, pode vir com citações bacocas, e os outros é que desconversam.

Olhe primeiro para si, e depois insulte os outros.

Quanto ao momento, ou vamos em frente, até na linha das palavras recentes do Presidente, o seu pequeno qualquer coisa, ou afundamos, mas nada tem a ver com o Euro, com a Euroalnandia, com a UE, é não sabermos "saber", por onde e como ir, mas não venha com regresso ao escudo e ao mar e mais não sei aonde....isso não dá...ou grande ou zero......pode começar já a emigrar????e arranje escudos!!!!antes de sair!!!!

O Raio disse...

"Olhe primeiro para si, e depois insulte os outros. "

??? Eu olho para mim e contesto o que penso, digo e escrevo.
Quanto a insultar os outros,... francamente, o meu caro amigo é um vidrinho...

"Quanto ao momento, ou vamos em frente,"

Já referi isto. O que é que significa ir em frente?

"até na linha das palavras recentes do Presidente"

??? Um Presidente que, quando foi Primeiro Ministro desbaratou a nossa adesão à então CEE? Francamente, as suas palavras têm pouco crédito...

"o seu pequeno qualquer coisa, ou afundamos, mas nada tem a ver com o Euro, com a Euroalnandia, com a UE, é não sabermos "saber", por onde e como ir"

???? Este arrozoado tem algum conteúdo? Duvido!

"mas não venha com regresso ao escudo e ao mar e mais não sei aonde...."

??? Começar a desmantelar a nossa adesão à moeda única não é um regresso ao Escudo. O Escudo morreu e morreu mesmo. A História nunca volta para trás.
Quanto ao regresso ao mar é mais um dos disparates em que o nosso Presidente é useiro e vezeiro.
Actualmente o recurso mais importante que o mar nos trás é a pesca e esta está nas mãos de Bruxelas.
E, se amanhã se descobrir outro recurso importante, não duvido, de que Bruxelas ficará com ele.


"isso não dá..."

É só isso que sabe dizer. Depois não se admire que eu o critique. Que tal tentar, por uma vez, argumentar a sério?


"pode começar já a emigrar????"

Infelizmente já não tenho idade para emigrar. Já o fui e, também infelizmente, voltei quando Portugal aderiu à então CEE, enganado pela manada de aldrabões que nos apresentaram essa opção como se do paraíso se tratasse.
Se houvesse justiça neste Mundo eu teria a possibilidade de processar uma data de gente (o Mário, o Sr. Silva e mais não sei quantos) e pedir uma grossa indemnização por me terem enganado.

É que eu não sou contra a integração europeia, sou é contra este regime de exploração anti-democrática que nos está a ser imposto e, tenho muita dificuldade em perceber pessoas, como o meu caro amigo, adeptas da filosofia de quanto mais me bates mais gosto de ti.

A.Küttner disse...

"Vidrinho" - tinha que ser sempre um qualificativo!
Quando referi o Presidente, não é do cá!! É o do Conselho Europeu!!!!!o Seu pequeno, qualquer coisa,,,,,,,

O de: cá! Bem, quando se reunem todos os ex-ministros das Finanças para resolver a crise, como se todos esses ex´s fossem umas maravilhas quando o foram efectivamente...está tudo dito!!!!

Mais uma frase das Suas - quanto mais me bates......

E essa de imitar o sr. da Madeira, a chamar Mário e Sr. Silva, soa menos bem...o Sr. Da Madeira, quando ficou aflito veio pedir ajuda ao Continente, à U.E......ou não!!!

Se não tivermos viabilidade dentro da UE, fora é que de certeza:
- não teremos......

O Raio disse...

"Quando referi o Presidente, não é do cá!! É o do Conselho Europeu!!!!!"

Ahh! Este ainda existe? Primeiro pensei que era um MIA (Missing In Action) mas, pensei melhor e cheguei à conclusão de que é mas é um MII (Missing In Inaction). O que diz, escreve ou pensa, é-me totalmente indiferente.

"Se não tivermos viabilidade dentro da UE, fora é que de certeza:
- não teremos......"

É espantoso como insiste nestas frases sem sentido. Porquê? Sim, porquê? Que tal dar uma razão para este tipo de mantra que passa o tempo a repetir. Quer convencer-se a si mesmo?

a.Küttner disse...

Não me quero convencer , nem a ninguém até porque não tenho relevo para o fazer.

Mas estou certissimo que se não for pela União(que não NACIONAL) não vamos lá!!!!!!

O Raio disse...

"Mas estou certissimo que se não for pela União(que não NACIONAL) não vamos lá!!!!!!"

Bom, esta frase é interessante pois vai ao ãmago do pensamento kuttneriamo.

O que diz é que, sem qualquer fundamento, por uma mera questão de fé, pretende uma união da Europa, fora da qual não há salvação.
Bom, fico satisfeito que conceda que esta opinião é só uma questão de fé, sem qualquer fundamento.
Corecto! O que já não é correcto é que ache justo que se arrastem milhões, isto é, centenas de milhões, para um dado caminho, um caminho de que se desconhece o fim, excepto se sentirmos o fervor relogioso do Senhor Küttner.

Depois há outro problema, o que é que se entende por união da Europa?

a.Küttner disse...

União Europeia é algo que será o futuro da Europa, quando nacionalistas como o Sr. Raio daqui sairem, e forem para a América Central ou para Africa ditar leis, e teorias do passado.

Quem não está bem -----voluntariamente ------sai...para o que acha bem melhor!!!!!!!!

E deixarem que quem cá fique consiga construir a unica possibilidade de vivência para Portugal e para a Europa= União politica, monetária, social.

Simples!!! não?

a.küttner

O Raio disse...

"União Europeia é algo que será o futuro da Europa"

Isto é um bom exemplo de uma não-explicação. Perguntei, legitimamente, qual o obectivo para onde se caminha. Registo que Mr. Küttner não faz a menor ideia para onde é que se caminha.

"quando nacionalistas como o Sr. Raio daqui sairem, e forem para a América Central ou para Africa ditar leis, e teorias do passado."

Independentemente de eu ser ou não nacionalista, é impressionante e assustador o que Mr. küttner diz, isto é, escreve.
É que, no universo küttneriano existe um paraíso, um paraíso chamado Europa Unida, na qual só os eleitos têm o direito de viver. Os outros, aqueles que colocam questões, que levantam dúvidas, aqueles que são feitos da massa que moveu e fez avançar a civilização, a esses o paraíso é negado e deverão ser expulsos.

Mr. küttner teria feito um bom ajudante de Torquemada...

"Quem não está bem -----voluntariamente ------sai...para o que acha bem melhor!!!!!!!!"

Bom, este também é o meu país! Tenho todo o direito a viver nele e a ajudar a decidir qual o seu destino. O obrigar a um caminho, bom ou mau, não interessa e sugerir que quem não concorde saía é de uma brutalidade incrível. Claro que houve paralelos históricos, a Alemanha Nazi, por exemplo...

"E deixarem que quem cá fique consiga construir a unica possibilidade de vivência para Portugal e para a Europa= União politica, monetária, social.

Simples!!! não?"

Talvez seja simples mas não é o que pretende, é uma ditadura brutal e simples, nada mais.






Quem não está bem -----voluntariamente ------sai...para o que acha bem melhor!!!!!!!!

E deixarem que quem cá fique consiga construir a unica possibilidade de vivência para Portugal e para a Europa= União politica, monetária, social.

Simples!!! não?

a.küttner

a.Küttner disse...

Evidentemente:
- simples, sem ditadura.

É que pessoas como o Sr. Raio nada querem construir, unicamente ficar na "sua" de uma ilusão, de um País solitário a afundar-se num mar turbulento.

A unica saída é uma U.E, com um Euro como Moeda unica, com consumo/produção entre Estados - membros, que entre si façam circular mercadorias, Pessoas, ideias, dinheiro, num todo em bloco, e que com os outros grandes, EUA, JAPÃO, CHINA, INDIA, BRASIL tenham negociaçoes livres e condignas.

Tudo que não seja isto, só na sua excelente cabeça!!

E como ja não deu em tempos idos, não vale perder tempo a nisso insistir. Não deu, nem vai dar.

A.Küttner

a.Küttner de Magalhães disse...

Estranho, mas de facto, estes temas são demasiado importantes, para unicamente terem dois comentadores como o Sr.Raio e o Küttner, que a dado momento se repetem, por não haver quem mais queira aqui perder o bom do seu tempo a ajudar, o que quer que seja e quem quer que seja!!

É pena.....................................

a.Küttner

O Raio disse...

"A unica saída é uma U.E, com um Euro como Moeda unica"

É absurdo dizer que só há uma saída. Há sempre montões de saídas.

Mas, concordo que há quem ache que há só uma saída.

Em tempos também me disseram o mesmo.

Foi na António Maria Cardoso, em Lisboa, no edifício da PIDE/DGS em que entre o corte sacramental de cabelo e a tareia sacramental, um simpático agente da PIDE veio dar-me uma lição de ciência política que não teria desagradado ao senhor K.
Disse-me que só existia um caminho para Portugal, caminho esse que passava pela manutenção do Dr. Salazar à frente do Governo.
Note-se que uns meses depois o referido Dr. Salazar caía da cadeira.

a.Küttner disse...

O Dr. Salazar já estava fora de prazo há muito tempo, depois caiu-se do governo, depois foi o desastre da Primavera Marcelista, e tudo acabou.

E aí não tivemos outra alternativa.

hoje se o Euro, a UE , e tudo o resto cair, vamos passar bem pior qe em 1974!!!!

O Raio disse...

"O Dr. Salazar já estava fora de prazo há muito tempo"

O importante no que eu disse não era o Salazar estar ou não fora de prazo, o importante foi o que o agente da PIDE me disse, a semelhança com que Herr K escreve e o desfecho alguns meses depois (a tal abençoada cadeira).
Mas, como é natural, Herr K quando não lhe interessa desconversa...

"hoje se o Euro, a UE , e tudo o resto cair, vamos passar bem pior qe em 1974!!!!"

???? 1974 até foi um ano divertido. Melhor só 1975...

a.Küttner disse...

Quem consegue não só desconversar como dizer muito disparate em pouco tempo e espaço e V.Exa, Mr. Raio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

O Raio disse...

"Quem consegue não só desconversar como dizer muito disparate em pouco tempo e espaço e V.Exa, Mr. Raio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!"

Registo que continua a ignorar as minhas objecções e, chame-se o que quiser, a desconversar.

Recordo que pensava que estavamos a discutir o haver soluções únicas.

a.Küttner disse...

Soluções unicas!!

Akgumas para poupar!!!!!!!!!

Já:
- entre portas todos os Politicos estejam ou não no Governo, diminuir em 15% tudo: Vencimentos, mordomias, automoveis, etc.....
Acabar com jantaradas e almoçaradas pagas por quem contribuiu com impstos.


Acabar com deslocações a não ser a muito, muito, muito necessarias, tudo o resto video-conferencia!


Deixar se quer de se falar durante 15 anos em TGV, aeroprtos, autoestradas.,

Reformas e Pensoes acima de 3500,00 euros / mês mais impostos.

Todos falarem muito menos e fazerem muitos mais!

O Raio disse...

"Soluções unicas!!

Akgumas para poupar!!!!!!!!!"

Incrível! O que eu defendo é que nunca há soluções únicas e, mais, quando um politico me vem com essa de que não há outra solução estou contra pois, meio século de experiência diz-me que esse argumento normalmente aponta para a pior das soluções possíveis. Capiche?

Quanto a poupar temos de começar por discutir se é necessário poupar.
Talvez seja, só que não é tão evidente como nos querem fazer parecer.



"- entre portas todos os Politicos estejam ou não no Governo, diminuir em 15% tudo: Vencimentos, mordomias, automoveis, etc....."

Isto é, num SUV de 2 toneladas e meia retirar 375kg, pneus, jantes, bancos, talvez o motor, etc?

Meu caro, não vê a demagogia desta proposta? Além de o que poupava seria marginal.


"Acabar com jantaradas e almoçaradas pagas por quem contribuiu com impstos."

Quer dizer, quando me obrigavam a ir a Bruxelas aquelas reuniões intragáveis, além de ter de estar numa cidade fria e cinzenta onde o Sol é um bem escasso, nem sequer tinha direito a que me pagassem as refeições?


"Acabar com deslocações a não ser a muito, muito, muito necessarias, tudo o resto video-conferencia!"

Bah! As reuniões são muito mais importantes do que pensa. Ainda nada substituí o contacto cara a cara.

"Deixar se quer de se falar durante 15 anos em TGV, aeroprtos, autoestradas."

Que horror! O meu caro é um perigo nacional. O seu lema é inacção, inacção, inacção.
É devido a cidadãos do seu tipo que o país estagna. Parece-me horrívelmente velho... nem o meu avô era assim... e tinha nascido no Século XIX!

"Reformas e Pensoes acima de 3500,00 euros / mês mais impostos."

Já agora, e os que descontaram para ter reformas destas teriam direito a ter os descontos de volta?

É que há muita desonestidade nalgumas reformas mas não se deve tomar a núvem por Juno.
Quem descontou toda a vida para ter uma reforma com um dado valor tem direito a ela. A reforma não é uma esmola nem uma benesse!


"Todos falarem muito menos e fazerem muitos mais!"

É importante falar-se e discutirem-se os assuntos!

Se a demagogia fosse ouro o meu caro amigo era o Fort Knox português...

Um abraço,

a.Küttner disse...

Bem!!!

Carissimo

Gastar ao desbarato, dá em disparate.

Como é evidente o sr. Raio pode ter um SUV e mais uma duzia de Mercedes, se forem seus e tudo o que faz mover-se for seu. Optimo.

Agora PR, PM ; Ministros, etc,. etc, terem mais que um automovel, e moverem-se sempre para todo o lado à custa do erário publico!!!!!!

Reuniões!!!!!!!!Carissimo, nunca entendeu que mais de 80% das Reuniões têm efeito ZERO!

Tudo o que é feito antes e depois é que resulta!

Claro que se alguém for a algum sitio em serviço, evidentemente que tem direito a dormida e comida, mas não necessariamente no Sheraton, e no Restaurante mais dispendioso do sitio.

Se o fez, fez mal!!!!!!!!!!!!!!

E almoçaradas e jantaras, são aquelas em qe muita gente, está a comer no mesmo sitio, à custa do erario publico. Sem cuidar de poupar!!!

Se for ao serviço de uma empresa privada, tem que ter mais cuidado!!!!!!!!!!!!!!!!!

Senhor entendido, podemos fazer muito, muito muito, sem ter que fazer tgv´s, etc.

Olhe em sua volta, veja a degradação de monumentos , de ruas, de estradas a que este Pais chegou.
Por menos custo reconstruir, reconstruir, arranjar!
E fazer algumas barragens que geram energia!

Sabe bem que muuta gente não descontou para as reformas chorudas, que hoje tem....sabe bem que uns têm pouco tempo de desconto para o que de tanto recebem.
Sabe bem que com 3.500,00 euros de reforma, não se está nada mal.

O Carissimo funciona com tudo de bom para si e os outros que se lixem.

Com moderrnidade mesmo que se não consiga pagar e para nada sirva.....

um abraço

O Raio disse...

"Gastar ao desbarato, dá em disparate."

Sim, normalmente dá. Mas dificilmente se pode argumentar que construir um TGV ou mesmo um Maglev Lisboa-Porto é gastar ao desbarato.

"Como é evidente o sr. Raio pode ter um SUV e mais uma duzia de Mercedes, se forem seus e tudo o que faz mover-se for seu. Optimo."

Sinceramente não tenho o respeito reverencial que o meu caro amigo tem pela propriedade privada.

Há sempre limites à propriedade, impostos, por exemplo. Além de que se eu sou rico foi porque ganhei dinheiro fazendo negócios com boas margens de lucro e, quem as paga é o cidadão comum, tal como os impostos.

"Agora PR, PM ; Ministros, etc,. etc, terem mais que um automovel, e moverem-se sempre para todo o lado à custa do erário publico!!!!!!"

É normal.
Acha que o nosso Primeiro Ministro devia tomar o autocarro para ir para a Presidência do Conselho de Ministros?

Estou vendo, metade do autocarro eram seguranças. Além de que, antes da entrada do governante a brigada de minas e armadilhas teria de dar uma vista de olhos no autocarro... no fim seria mais barato dar ao referido governante uns carritos topo de gama...


"Reuniões!!!!!!!!Carissimo, nunca entendeu que mais de 80% das Reuniões têm efeito ZERO!"

Disparate! Claro que não. Não faço a menor ideia por que raio de reuniões o meu caro amigo andou.

"mas não necessariamente no Sheraton, e no Restaurante mais dispendioso do sitio."

Claro. Mas depende muito da categoria do visado.

"E almoçaradas e jantaras, são aquelas em qe muita gente, está a comer no mesmo sitio, à custa do erario publico. Sem cuidar de poupar!!!"

??? Não entendo lá muito bem a que é que se refere.


"Se for ao serviço de uma empresa A privada, tem que ter mais cuidado!!!!!!!!!!!!!!!!!"

Será? A minha experiência diz que depende da empresa.

"Olhe em sua volta, veja a degradação de monumentos , de ruas, de estradas a que este Pais chegou.
Por menos custo reconstruir, reconstruir, arranjar!"

São investimentos de indole muito diferente.

"E fazer algumas barragens que geram energia!"

Bah!!! Sinceramente já estou farto de barragens. Além de que produzir electricidade em centrais térmicas a gás sai mais barato.

"Sabe bem que muuta gente não descontou para as reformas chorudas, que hoje tem...."

Sei, sim senhor. Mas nem todas as reformas grandes vêm por esse meio. Há muitas honestas.

"Sabe bem que com 3.500,00 euros de reforma, não se está nada mal."

Não, mas com 4.000 ainda se está melhor...

"O Carissimo funciona com tudo de bom para si e os outros que se lixem."

De nenhuma forma! Esta acusação é injusta!

Um abraço,

a.Küttner disse...

O sr. é rico e eu é que defendo a propriedade privada???

Explique-me!!! melhor!!!!

O Raio disse...

"O sr. é rico e eu é que defendo a propriedade privada???

Explique-me!!! melhor!!!!"

Primeiro, não sou rico, vivo do meu vencimento que está acima da média mas não é nada de especial, qualquer traficante de droga ou deputado europeu ganha mais, muito mais do que eu.

Depois respeito a propriedade privada enquanto ela contribui para o progresso e bem estar de todos nós. Sou contra a propriedade privada quando ela se torna predadora e nos prejudica a quase todos.

a.Küttner disse...

Vencimento acima da média, deputado europeu e traficante de drog, uma boa forma de comparar situações.

Não feita por por mim......

Quando é que a propriedade privada faz a mutação que refere? e por que a faz????

Para quem quereria "poder"ter" um local de descanso em Bora-Bora, o discurso soa-me a estranho..........

O Raio disse...

"Vencimento acima da média, deputado europeu e traficante de drog, uma boa forma de comparar situações."

??? Não entendi o comentário.

"Não feita por por mim......"

Claro que não, foi feita por mim. O meu caro sabe quanto ganha um deputado europeu? Incluindo todas as alcavalas?

Claro que eu estou muito abaixo.


"Quando é que a propriedade privada faz a mutação que refere? e por que a faz????"

Por vezes as coisas embalam e dá disparate. A actual crise, filha dos amores ilegitimos entre os bancos e a ganância é um bom exemplo.

"Para quem quereria "poder"ter" um local de descanso em Bora-Bora, o discurso soa-me a estranho.........."

Why? Não estou vendo porquê. Nunca estive em Bora-Bora, o mais próximo que estive foi em Honolulu e, sinceramente, gostei. Bora-Bora parece-me melhor.

Um abraço,

a.Küttner disse...

Repare que nota que a banancia, o muito querer de uns fez com que estejamos mal, mas se conseguir esses "ter , querer" para si, nada mau!!!!!!

os outros que se lixem......

O Raio disse...

"Repare que nota que a ganancia, o muito querer de uns fez com que estejamos mal, mas se conseguir esses "ter , querer" para si, nada mau!!!!!!

os outros que se lixem......"

Como de costume o meu caro amigo vê o problema ao contrário.

O mal não foi da ganância, foi do sistema que não só a permite como a incentiva.

O mal foi também dos cidadãos, como o meu caro que votam em partidos que alinham com este estado de coisas.

Um abraço,

a.Küttner disse...

Se votar no PC deve ser interessante fazer uma experiencia sovientica aqui.

Se votar no BE, fica tudo em utopia!!!!

Se votar no CDS, andamos todos de submarinos e acaba-se o Estado Social.

Se votar PSD, ninguem se entende.

Se votar PS, é mais do mesmo.

Mas isto não me faz recuar à União Nacional...Nunca.

Faz-nos pensar a todos que temos que ser mais educaos, mais responsavaies, mais comedidos, menos desenraca, menos Fatima, Futebol e Fado.
Mas activos, mas com bom senso.

O Raio disse...

"Se votar no PC deve ser interessante fazer uma experiencia sovientica aqui."


???? è pouco provavel que o PC quisesse repetir aqui a experiência soviética.

"Se votar no BE, fica tudo em utopia!!!!"

Exacto! Um partido tão europeu como o BE só poderia desembocar em utupia.

"Se votar no CDS, andamos todos de submarinos e acaba-se o Estado Social."

O concurso dos submarinos até foi lançado pelo PS e eram três e não dois. Por mim até concordaria com os três.


"Se votar PSD, ninguem se entende."

Mais um partido europeista, não admira que ninguém se entenda.

"Se votar PS, é mais do mesmo."

Europa, Europa, Europa,...

"Mas isto não me faz recuar à União Nacional...Nunca."

Fica-lhe bem... E à Acção Nacional Popular?

Um abraço,

a.Küttner disse...

BE = Bloco de Esquerda, não Bloco Europeu!!!!!Não confundir!!!!
Utopia esquerdista, com realidade europeia!!!

CDS - Paulo Portas é que assinou, a compra dos submarinos!! Se o deixarem ainda vai pasaer-se em algum.....Vai ser interessante andarmos de submarino a vigiar a zona maritima!! Lindo lá por baixo!!!! Tanto peixe...e cá por cima os outros a governarem-se, na nossa zona!

PSD - desorientação, por todos quererem mandar.Já não é de hoje e assim continuará!!!

PS - já deu, o que tinha a dar, mas nada tem a ver com a Europa! Não sabem,.... Começaram bem em 2005, depois foram adiando as reformas que tão bem começaram, depois do desastre do auto-eleito PM, Santana Lopes, mas ao deixarem de fazer o que de bem ninguem antes quis fazer, perderam-se!! Mas foi cá dentro, não foi na Europa!

E se não fosse a Europa, hoje, estavaos bem pior!!!!

O Raio disse...

"BE = Bloco de Esquerda, não Bloco Europeu!!!!!Não confundir!!!!
Utopia esquerdista, com realidade europeia!!!"

O Bloco de Esquerda é ferozmente europeu e, é por isso que nunca terá o meu voto.

"CDS - Paulo Portas é que assinou, a compra dos submarinos!!"

Claro. Custa-me um pouco é esta miopia anti-submarina... deviamos ter era comprado três, no mínimo.


"Vai ser interessante andarmos de submarino a vigiar a zona maritima!!"

Que o meu caro amigo não entenda nada disto, é natural, não podemos entender de tudo. Mas o fazer afirmações sobre o que não entende nem quer entender é que já não é tão natural.


"Tanto peixe...e cá por cima os outros a governarem-se, na nossa zona!"

Folgo em que reconheça o roubo de que somos vitimas à conta da politica de pescas comum.


"PS - já deu, o que tinha a dar, mas nada tem a ver com a Europa!"

Toda a política quer do PS quer do PSD é subordinada a Bruxelas. Para cá ficam só decisões tipo casamento homosexual ou união civil...

"depois do desastre do auto-eleito PM, Santana Lopes,"

Santana Lopes não foi nem auto-eleito nem desastre.
Se acharmos que o Santana foi um desastre como é que classificamos o cavaquismo?

"E se não fosse a Europa, hoje, estavaos bem pior!!!!"

Pois é, é o argumento que resta.

Um abraço,

a.Küttner disse...

Já deu para entender, a sua simpatia por Santana Lopes!

Lembra-se claro, do Costa Gomes, que a dada altura chamavam de cortiça, por "#estar sempre ao de cima".

O que se chama a Santana Lopes, que desde Sá Carneiro, flutua , afunda-se, reaparce, niunca nada termina, e está sempre em bicos de´pés!!!

um abraço

O Raio disse...

"Já deu para entender, a sua simpatia por Santana Lopes!"

Nunca votei nele. Mas comparado com outros, o Cavaco, por exemplo, foi um optimo Primeiro Ministro.

"Lembra-se claro, do Costa Gomes, que a dada altura chamavam de cortiça, por "#estar sempre ao de cima"."

Todos nós estamos em dívida para o Costa Gomes pois, não duvido de que nos evitou uma guerra civil.

Acho este tipo de piadas de muito mau gosto.


"O que se chama a Santana Lopes, que desde Sá Carneiro, flutua , afunda-se, reaparce, niunca nada termina, e está sempre em bicos de´pés!!!"

O meu caro amigo é uma desgraça, alinha em todas. Ainda não percebeu de que o que escreve é propaganda anti-santanista?

Um abraço,

a.Küttner disse...

Já percebi, que acho Santana Lopes, mau!

Que Cavaco, não sendo nada de especial, ao pé de Santana...cuidado!!!

Evidentemente que Costa Gomes foi o necessário na altura do maluco Vasco Gonçalves.....

E ainda bem que o Spinola foi arejar...