quinta-feira, 21 de junho de 2007

A oposição no seu melhor

Luis Marques Mendes, lider do PSD esteve hoje em Bruxelas para participar em mais uma cimeira da família europeia dos partidos conservadores/democratas-cristãos (PPE), os encontros que habitualmente precedem as cimeiras de lideres da UE para reflexão e tomada de posição sobre o que está em jogo.

Depois da reunião que contou com a presença dos primeiros ministros membros dos partidos do PPE - incluindo Angela Merkel - ou Durão Barroso - Marques Mendes deu aos jornalistas a sua opinião sobre a cimeira europeia que começou pouco depois e que é decisiva para definir o que será o futuro Tratado europeu, ou seja, as regras de funcionamento da UE durante os próximos anos:

"Se houver um acordo sobre o fututo do Tratado europeu, a cimeira será histórica. Caso contrário resultará num fracasso".

Ficámos absolutamente esclarecidos quanto à posição do PSD sobre o conteúdo do novo Tratado

5 comentários:

Free Will disse...

Esta pérola do Dr. Marques Mendes responde a duas questões prementes na democracia portuguesa:
1 - porque é que estamos tão mal informados sobre as políticas da EU ?
Estamos, porque quem tem a obrigação de ter uma posição sobre as políticas da EU não o faz e, pior ainda nem tenta explicar que ideias estão sobre a mesa e exercer alguma crítica constructiva sobre as ditas...

2 - Porque não aparecem novos estadistas portugueses para exercer política em portugal?
Realmente exemplos destes não inspiram ou motivam qualquer jovem para se juntar a um partido e fazer alguma coisa pela política nacional... não posso como é lógico me referir apenas ao Dr. Marques Mendes, porque o problema é global nos ditos partidos de centro (PSD, PS)... um excelente exemplo do que refiro é o Dr. Vitorino do PS...

alexandra lobão disse...

Dou um doce a quem me informar sobre as posições das comissões parlamentares portuguesas de Assuntos Europeus e de Negócios Estrangeiros e da própria AR a este mesmo respeito.

O Raio disse...

"porque é que estamos tão mal informados sobre as políticas da EU ? "

Em toda a Europa os cidadãos estão mal informados sobre as políticas da UE. Os países em que estão melhor informados são aqueles em que existem grupos ou partidos eurocepticos fortes.
É que a melhor forma de transformar um cidadão num euroceptico é informa-lo sobre as políticas da UE.
Exemplo: Se se informassem os portugueses sobre a política comum de pescas o apoio entre nós à UE acabava no dia seguinte...

Free Will disse...

Exemplo: Se se informassem os portugueses sobre a política de agricultura o apoio da UE aos agricultores, não andavamos a produzir tomates a mais e leite a mais !! e talvez os fundos não voltassem para tras porque ninguém os usou!!

O Raio disse...

A Política Agricola Comum é deficitária para Portugal, isto é, custa-nos mais do que o que recebemos em subsídios e apoios.
E isto por uma razão muito simples, a maior parte dos produtos que produzimos não é objecto de qualquer apoio por parte da PAC.
Era por isto que o Guterres dizia que a PAC não estava desenhada para a agricultura portuguesa.
O problema do excesso de produção de leite nos Açores é uma das coisas mais chocantes de toda a UE.
Os Açores são uma das dez regiões mais pobres da UE e está muito virado para a produção leiteira, com dificuldades de reconversão.
É inadmissível que a UE sabendo isto não aumente as quotas de produção de leite nos Açores, limitando-as com regras como, por exemplo, a produção nos anos anteriores.
No fim, limitamos artificialmente a produção para, como ouvi outro dia na rádio, virmos a ser obrigados a importar leite produzido noutros países com apoios do orçamento comunitário.